-Conhece-me...

-Junho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
26
27

28
29
30


-Visitas

-Horinhas

-deixa a tua marca


-Escrevi sobre...

- Há cada uma...

- + de 200professores pedir...

- Há cada uma...

- Não havia necessidade...

-subscrever feeds


Sábado, 24 de Janeiro de 2009

Há cada uma...

 

 

Sexo com preservativo é motivo para anular casamento

 

in iol

 

 

 

 

 

 

 

Para o Supremo Tribunal de Justiça italiano, fazer sexo com preservativo é motivo para anular um casamento. A decisão do Supremo ratificou uma anulação Vaticano, avança o jornal italiano «Il Messaggero».

O casamento de Fabio N. e Elizabeth T foi anulado em 2005 e a mulher ainda recorreu para o Supremo, mas a anulação manteve-se.

Segundo a mulher, eles tinham feito sexo protegido para evitar que o marido, que sofre da «Síndrome de Reiter», transmitisse a doença a um futuro filho.

Mas, para a Igreja, as práticas que excluem a procriação podem invalidar o casamento religioso.

Elizabeth contesta e alega que este ponto de vista «contrasta com a protecção da saúde tanto da mulher quanto da criança».

 


registado por paulacalcadaalves às 19:39

link do post | deixa o teu comentário | favorito
|

Sábado, 1 de Novembro de 2008

+ de 200professores pediram suspensão

Mais de duas centenas de professores exigiram a suspensão imediata da avaliação de docentes das escolas públicas, durante uma concentração que teve lugar ao final da tarde, no Largo da Misericórdia, em Setúbal.

 

«Estou aqui para mostrar indignação pelo que está a acontecer com o ensino em Portugal, em defesa da escola pública e dignificação da carreira dos docentes em Portugal», disse à Lusa Margarida Martins, professora na Escola de Aranguez, em Setúbal.

«Estou convencida de que vamos ter a capacidade de explicar às pessoas o que se passa nas escolas e emendar o que está mal: a burocracia e a falta de tempo para pensarmos nos nossos alunos, para que sejam realmente uns bons alunos», acrescentou.

A concentração em Setúbal contou com a presença de professores de diversas escolas da região, e com alguns que vieram de longe, como foi o caso de Constantino Piçarra, professor num agrupamento de escolas de Ourique que foi dos primeiros a suspender o processo de avaliação no ano lectivo em curso.

Em declarações à Lusa, Constantino Piçarra garantiu que os professores estão unidos e mostrou-se confiante de que o governo acabará por ser sensível aos argumentos dos docentes.

«O que estamos a ver nas escolas é uma ampla unidade entre professores mais antigos e mais novos. Essa unidade não resultou da inteligência de sete ou oito manobradores, foi este modelo de avaliação que os uniu», disse.

«Não há nenhum professor que queira estar numa escola sem fazer aquilo que é fundamental e decisivo na sua profissão: ensinar bem, pensar nos problemas dos seus alunos e concertar estratégias de ensino que possam resolver os problemas de um outro aluno», acrescentou.

Para Constantino Piçarra, o modelo de avaliação que o governo pretende implementar também não pode agradar aos encarregados de educação e aos contribuintes.

«Como é que as pessoas que pagam impostos podem aceitar que os professores, em vez de ensinar, estejam entretidos a elaborar grelhas para avaliar os próprios professores, que não as conseguem fazer porque elas intrinsecamente são mal feitas», disse, apelando à suspensão imediata do actual modelo de avaliação.

«Suspenda-se o processo de avaliação e arranjemos um outro modelo que sirva para melhorar a qualidade de ensino, para dignificar a escola pública, para premiar o mérito dos bons professores e para termos alunos mais sabedores e mais capazes de fazer face aos desafios da sociedade global. É isso que nós queremos», conclui.

 

in iol


registado por paulacalcadaalves às 22:07

link do post | deixa o teu comentário | favorito
|

Terça-feira, 12 de Agosto de 2008

Há cada uma...

 Bode_20de_20aparelho.jpg

 

 

Um morador de Hong Kong precisou de chamar os bombeiros depois de ter ficado entalado ao tentar ter relações sexuais com um banco de jardim. A vítima foi transportada para o hospital ainda com o banco preso no pénis, refere o site Globo.com.

 

O cidadão, de 41 anos, estava a sentir-se sozinho enquanto passeava pelo parque Lan Tian, na madrugada de quarta para quinta-feira, olhou para o banco e tentou penetrar os orifícios de metal do banco.

Os bombeiros de Hong Kong tiveram de salvar o homem, levando-o juntamente com o banco para o hospital, para que os médicos pudesse separar os dois.

 

in iol, http://diario.iol.pt/acredite-se-quiser/banco-de-jardim-insolito-hong-kong-acredite-se-quiser-bizarro-japones/979971-4088.html


registado por paulacalcadaalves às 22:56

link do post | deixa o teu comentário | ver comentários (1) | favorito
|

Quarta-feira, 5 de Março de 2008

Não havia necessidade...

Não havia necessidade

 

Não havia mesmo necessidade

 

Isto é vergonhoso!

 

Idem

 

                                                                         Idem

 

 


registado por paulacalcadaalves às 21:57

link do post | deixa o teu comentário | favorito
|

-Obrigada pela Visita

Recados Para Orkut

[violet]***[/violet] Novas animações de Obrigado!


-tags

- 2009(2)

- anedotas(5)

- avô(1)

- bem vindos(2)

- bichos(1)

- boas(2)

- campeão - f.c. porto(3)

- casamento(1)

- curiosidades(16)

- desabafo(4)

- ditos(2)

- eu(14)

- férias(1)

- filmes(8)

- frio(1)

- futebol(2)

- guardanapo(1)

- jackson(1)

- jantar(1)

- jonathan rhys meyers(1)

- jornal(2)

- lendas(3)

- mitos(2)

- mulheres(3)

- música(1)

- não havia necessidade(4)

- neve(1)

- notícias(8)

- óscares - os vencedores(1)

- pensamentos(10)

- poemas(14)

- provérbios(1)

- receitas(1)

- são martinho do porto(1)

- todas as tags

-Para não esquecer...

- Junho 2009

- Maio 2009

- Abril 2009

- Janeiro 2009

- Dezembro 2008

- Novembro 2008

- Agosto 2008

- Julho 2008

- Junho 2008

- Maio 2008

- Abril 2008

- Março 2008

- Fevereiro 2008

- Janeiro 2008

- Dezembro 2007

-links

blogs SAPO

-on line

online