-Conhece-me...

-Junho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
26
27

28
29
30


-Visitas

-Horinhas

-deixa a tua marca


-Escrevi sobre...

- + de 200professores pedir...

- Momentos

- Que briol...

- oh, ainda não foi desta.....

-subscrever feeds


Sábado, 1 de Novembro de 2008

+ de 200professores pediram suspensão

Mais de duas centenas de professores exigiram a suspensão imediata da avaliação de docentes das escolas públicas, durante uma concentração que teve lugar ao final da tarde, no Largo da Misericórdia, em Setúbal.

 

«Estou aqui para mostrar indignação pelo que está a acontecer com o ensino em Portugal, em defesa da escola pública e dignificação da carreira dos docentes em Portugal», disse à Lusa Margarida Martins, professora na Escola de Aranguez, em Setúbal.

«Estou convencida de que vamos ter a capacidade de explicar às pessoas o que se passa nas escolas e emendar o que está mal: a burocracia e a falta de tempo para pensarmos nos nossos alunos, para que sejam realmente uns bons alunos», acrescentou.

A concentração em Setúbal contou com a presença de professores de diversas escolas da região, e com alguns que vieram de longe, como foi o caso de Constantino Piçarra, professor num agrupamento de escolas de Ourique que foi dos primeiros a suspender o processo de avaliação no ano lectivo em curso.

Em declarações à Lusa, Constantino Piçarra garantiu que os professores estão unidos e mostrou-se confiante de que o governo acabará por ser sensível aos argumentos dos docentes.

«O que estamos a ver nas escolas é uma ampla unidade entre professores mais antigos e mais novos. Essa unidade não resultou da inteligência de sete ou oito manobradores, foi este modelo de avaliação que os uniu», disse.

«Não há nenhum professor que queira estar numa escola sem fazer aquilo que é fundamental e decisivo na sua profissão: ensinar bem, pensar nos problemas dos seus alunos e concertar estratégias de ensino que possam resolver os problemas de um outro aluno», acrescentou.

Para Constantino Piçarra, o modelo de avaliação que o governo pretende implementar também não pode agradar aos encarregados de educação e aos contribuintes.

«Como é que as pessoas que pagam impostos podem aceitar que os professores, em vez de ensinar, estejam entretidos a elaborar grelhas para avaliar os próprios professores, que não as conseguem fazer porque elas intrinsecamente são mal feitas», disse, apelando à suspensão imediata do actual modelo de avaliação.

«Suspenda-se o processo de avaliação e arranjemos um outro modelo que sirva para melhorar a qualidade de ensino, para dignificar a escola pública, para premiar o mérito dos bons professores e para termos alunos mais sabedores e mais capazes de fazer face aos desafios da sociedade global. É isso que nós queremos», conclui.

 

in iol


registado por paulacalcadaalves às 22:07

link do post | deixa o teu comentário | favorito
|

Domingo, 25 de Maio de 2008

Momentos

 

Estar triste,

estar desapontada

é algo que nos rompe a alma

e nos deixa vazia, sem rumo

sem nada...

Querer fugir,

querer refúgio,

querer chorar,

querer..., nem sei o quê,

apenas desaparecer,

para não ter que viver

tamanha dor, que mata, 

que deixa sem chão,

sem vontade de tudo encarar.

 

                                   paulacalcadaalves 

 

 


registado por paulacalcadaalves às 22:07

link do post | deixa o teu comentário | favorito
|

Segunda-feira, 18 de Fevereiro de 2008

Que briol...

 

Que briol...

 

 

 

 

Está um frio de rachar.

Ainda tivemos um dias em que o calor deu das suas graças, mas agora de calor só a memória.

Ainda é cedo para ele, é certo, mas sabia bem.

Para além do frio, tinha que vir a chuva. Até parece que o frio tem medo para vir com a "babysitter" atrás.  

 

tags:

registado por paulacalcadaalves às 11:45

link do post | deixa o teu comentário | favorito
|

Terça-feira, 5 de Fevereiro de 2008

oh, ainda não foi desta...

 

 

Pois, ainda não foi desta, eu bem queria, mas nada.

 

Ainda dizem que o azar não existe...existe sim... Logo agora que a minha linda filhota queria uma mana (Catarina, seria o seu nome).

Andei muito tempo a não querer engravidar e quando decidi, pimba, tinha que voltar a ter uma desregulação hormonal. Isto anda tudo que é uma confusão.

Solução: ter paciência e ir tentando.

tags:

registado por paulacalcadaalves às 22:28

link do post | deixa o teu comentário | favorito
|

-Obrigada pela Visita

Recados Para Orkut

[violet]***[/violet] Novas animações de Obrigado!


-tags

- 2009(2)

- anedotas(5)

- avô(1)

- bem vindos(2)

- bichos(1)

- boas(2)

- campeão - f.c. porto(3)

- casamento(1)

- curiosidades(16)

- desabafo(4)

- ditos(2)

- eu(14)

- férias(1)

- filmes(8)

- frio(1)

- futebol(2)

- guardanapo(1)

- jackson(1)

- jantar(1)

- jonathan rhys meyers(1)

- jornal(2)

- lendas(3)

- mitos(2)

- mulheres(3)

- música(1)

- não havia necessidade(4)

- neve(1)

- notícias(8)

- óscares - os vencedores(1)

- pensamentos(10)

- poemas(14)

- provérbios(1)

- receitas(1)

- são martinho do porto(1)

- todas as tags

-Para não esquecer...

- Junho 2009

- Maio 2009

- Abril 2009

- Janeiro 2009

- Dezembro 2008

- Novembro 2008

- Agosto 2008

- Julho 2008

- Junho 2008

- Maio 2008

- Abril 2008

- Março 2008

- Fevereiro 2008

- Janeiro 2008

- Dezembro 2007

-links

blogs SAPO

-on line

online