-Conhece-me...

-Junho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
26
27

28
29
30


-Visitas

-Horinhas

-deixa a tua marca


-Escrevi sobre...

- Morreu...

- Casamento

- Força Fc Porto

- Há cada uma...

- Balada da Neve - Augusto ...

- Boas entradas ...

- http://uma_estrelinha.blo...

- + de 200professores pedir...

- Há cada uma...

- São Martinho do Porto - A...

- Os "Tudor"

- ...

- Universidade de Verão His...

- NOTÍCIA - Namoro pela Int...

- A Turma do 12º ano

- O meu vestido

- Notícia: Ingrid Betancour...

- VERGONHA: Milionária cond...

- NOTÍCIA: Clonagem Cura Ca...

- F.C. PORTO

- Portugal

- Amizade

- Amizade

- 5 Anos de Casamento

- Provérbio árabe

- amor

- Amizade

- Momentos

- Manchester United

- Vânia Fernandes

- Lenços dos Namorados

- Begónias

- 18 de Maio

- 40 Vantagens de ser Mulhe...

- RIR

- Insólito

- Dia da Mãe

- Borboletas

- Plain White Ts

- Ao meu querido AVÔ

- Felicidade

- Vinicius de Moraes2

- Anatomia de Grey - Denny ...

- Como Perder um Homem em D...

- Tróia

- Histórias de amor

- António Gedeão

- Sobrenatural

- Dexter

- Anatomia de Grey

-subscrever feeds

Segunda-feira, 28 de Abril de 2008

Borboletas

o-cacador-de-borboletas-copy.jpg

 

 

 

 

 

 

 

 

 

tags:

registado por paulacalcadaalves às 18:23

link do post | deixa o teu comentário | ver comentários (1) | favorito
|

Domingo, 27 de Abril de 2008

Plain White Ts

Ouvi há uns dias atrás esta música e fiquei apaixonada por ela: muito linda...
 
 
 
O Vídeo é este:
 
 
HEY THERE DELILAH
WHATS IT LIKE IN NEW YORK CITY?
IM A THOUSAND MILES AWAY
BUT GIRL TONIGHT YOU LOOK SO PRETTY
YES YOU DO
TIMES SQUARE CANT SHINE AS BRIGHT AS YOU
I SWEAR ITS TRUE

HEY THERE DELILAH
DONT YOU WORRY ABOUT THE DISTANCE
IM RIGHT THERE IF YOU GET LONELY
GIVE THIS SONG ANOTHER LISTEN
CLOSE YOUR EYES
LISTEN TO MY VOICE ITS MY DISGUISE
IM BY YOUR SIDE

OH ITS WHAT YOU DO TO ME
OH ITS WHAT YOU DO TO ME
OH ITS WHAT YOU DO TO ME
OH ITS WHAT YOU DO TO ME
WHAT YOU DO TO ME

HEY THERE DELILAH
I KNOW TIMES ARE GETTIN HARD
BUT JUST BELIEVE ME GIRL
SOMEDAY ILL PAY THE BILLS WITH THIS GUITAR
WELL HAVE IT GOOD
WELL HAVE THE LIFE WE KNEW WE WOULD
MY WORD IS GOOD

HEY THERE DELILAH
IVE GOT SO MUCH LEFT TO SAY
IF EVERY SIMPLE SONG I WROTE TO YOU
<a href="http://www.letras4u.com">Letras4U.com » </a>Letras4U.com » [url]http://www.letras4u.com[/url]
WOULD TAKE YOUR BREATH AWAY
ID WRITE IT ALL
EVEN MORE IN LOVE WITH ME YOUD FALL
WED HAVE IT ALL

OH ITS WHAT YOU DO TO ME
OH ITS WHAT YOU DO TO ME
OH ITS WHAT YOU DO TO ME
OH ITS WHAT YOU DO TO ME

A THOUSAND MILES SEEMS PRETTY FAR
BUT THEYVE GOT PLANES AND TRAINS AND CARS
ID WALK TO YOU IF I HAD NO OTHER WAY
OUR FRIENDS WOULD ALL MAKE FUN OF US
AND WELL JUST LAUGH ALONG BECAUSE WE KNOW
THAT NONE OF THEM HAVE FELT THIS WAY
DELILAH I CAN PROMISE YOU
THAT BY THE TIME THAT WE GET THROUGH
THE WORLD WILL NEVER EVER BE THE SAME
AND YOURE TO BLAME

HEY THERE DELILAH
YOU BE GOOD AND DONT YOU MISS ME
TWO MORE YEARS AND YOULL BE DONE WITH SCHOOL
AND ILL BE MAKIN HISTORY LIKE I DO
YOU KNOW ITS ALL BECAUSE OF YOU
WE CAN DO WHATEVER WE WANT TO
HEY THERE DELILAH HERES TO YOU
THIS ONES FOR YOU

OH ITS WHAT YOU DO TO ME
OH ITS WHAT YOU DO TO ME
OH ITS WHAT YOU DO TO ME
OH ITS WHAT YOU DO TO ME
WHAT YOU DO TO ME
estou a ouvir: HEY THERE DELILAH - Plain White Ts
tags:

registado por paulacalcadaalves às 21:28

link do post | deixa o teu comentário | favorito
|

Segunda-feira, 21 de Abril de 2008

Ao meu querido AVÔ

paradise-engineering

Faz hoje 6 anos que ele partiu para junto de Deus. Tornou-se uma estrela-guia. Ele é um anjo da guarda que eu tenho e que sei que me acompanha todos os dias.

Este dia, há 6 anos atrás foi terrível. Os dias anteriores também, jamais esquecerei algumas das palavras que ele disse 3 /4 dias antes de ir para o CÉU. A notícia, apesar de um pouco esperada, pois mais cedo ou mais tarde iria acontecer, foi muito dolorosa. Tratou-se da minha primeira perda, uma perda que me marcará para sempre. Eu adorava o meu avó. Ainda me lembro tão bem dos verões e dos fins-de-semana que pássamos juntos, do baloiço que ele me fez, dos passeios que nós dávamos num carro tipo carrinho de mão que ele fez. Eu andava com o meu avô por todo o lado. Ainda hoje sinto a falta dele. Ele era e ainda é uma fonte de inspiração. Tinha jeito para tudo, fazia de tudo. Era muito habilidoso.

O curioso da coisa: passado um ano da sua ida para o céu, exactamente no mesmo dia, horas antes de ir para a missa do 1º aniversário, fiquei a saber que estava grávida na minha filha. Por homenagem ao meu avô, dei o nome de Adriana à minha filha (o nome que ele deu ao seu 1º filho - Adriano).

Adoro-te avô querido. Beijinho grande, daquela que reza sempre por ti.

tags:

registado por paulacalcadaalves às 21:24

link do post | deixa o teu comentário | ver comentários (1) | favorito
|

Sexta-feira, 18 de Abril de 2008

Felicidade

A vida só pode ser compreendida olhando-se para trás; mas só pode ser vivida, olhando-se para frente. 
(Soren Kierkergaard) 

 


registado por paulacalcadaalves às 21:46

link do post | deixa o teu comentário | favorito
|

Vinicius de Moraes2

"São demais os perigos desta vida
Pra quem tem paixão principalmente
Quando uma lua chega de repente
E se deixa no céu, como esquecida
E se ao luar que atua desvairado
Vem se unir uma música qualquer
Aí então é preciso ter cuidado 
Porque deve andar perto uma mulher..."

 

 

Soneto do Amor Total

Amo-te tanto meu amor... não cante
O humano coração com mais verdade...
Amo-te como amigo e como amante
Numa sempre diversa realidade.
Amo-te enfim, de um calmo amor prestante
E te amo além, presente na saudade.
Amo-te, enfim, com grande liberdade
Dentro da eternidade e a cada instante.
Amo-te como um bicho, simplesmente
De um amor sem mistério e sem virtude
Com um desejo maciço e permanente.
E de te amar assim, muito e amiúde
É que um dia em teu corpo de repente
Hei de morrer de amar mais do que pude.

 


 



Soneto de Devoção

Essa mulher que se arremessa, fria
E lúbrica em meus braços, e nos seios
Me arrebata e me beija e balbucia
Versos, votos de amor e nomes feios.
Essa mulher, flor de melancolia
Que se ri dos meus pálidos receios
A única entre todas a quem dei
Os carinhos que nunca a outra daria.
Essa mulher que a cada amor proclama
A miséria e a grandeza de quem ama
E guarda a marca dos meus dentes nela.
Essa mulher é um mundo! - uma cadela
Talvez... - mas na moldura de uma cama
Nunca mulher nenhuma foi tão bela!

tags:

registado por paulacalcadaalves às 14:23

link do post | deixa o teu comentário | ver comentários (2) | favorito
|

Terça-feira, 15 de Abril de 2008

Anatomia de Grey - Denny Duquette

 

Pois, já soube o fim que Denny Duquette (Jeffrey Dean Morgan) vai ter na série "Anatomia de Grey". Fiquei triste, eu adoro a relação deste com a Izzie.

Paciência. Triste fim.

 

 

Transportei para aqui um trailer de tributo ao Denny.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

tags:

registado por paulacalcadaalves às 18:53

link do post | deixa o teu comentário | ver comentários (1) | favorito
|

Como Perder um Homem em Dez Dias

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Elenco: Kate Hudson, Matthew McConaughey, Adam Goldberg, Michael Michele, Shalom Harlow, Kathryn Hahn, Rebecca Harris, Robert Klein, Bill Kotsatos, Thomas Lennon, David Macniven, Bebe Neuwirth.

Direcção: ---
Género: Comédia Romântica
Distribuidora: UIP
Estréia: 25 de Abril de 2003

Sinopse: O centro da trama de COMO PERDER UM HOMEM EM 10 DIAS é uma metáfora dos jogos que as pessoas fazem em suas tentativas inconscientes de se protegerem de uma intimidade genuína. A história gira em torno de dois indivíduos muito carismáticos e que parecem terem sido feitos um para o outro — mas que se encontram numa situação totalmente propícia para que tudo dê errado entre eles. Baseado num livro de sucesso sobre um executivo de uma empresa de propaganda que gosta de ficar e largar todas as garotas em 10 dias. O problema acontece quando ele conhece uma garota que está atrás de um homem para servir de cobaia em uma matéria que está fazendo. Agora ele irá sofre na mão desta garota, e terá que provar o seu verdadeiro amor. 'Como Perder um Homem em 10 dias' foi um grande sucesso de bilheterias nos EUA.

tags:

registado por paulacalcadaalves às 18:46

link do post | deixa o teu comentário | favorito
|

Segunda-feira, 14 de Abril de 2008

Tróia

 

 

Há mais de 3 mil anos Tróia era próspera, cuja localização a permitiu dominar o Helesponto (hoje conhecido como estreito de Dardanelos). Esta era a única rota marítima que ia e vinha do oriente, o que gerava muitas riquezas para Tróia, que se tornou um troféu de guerra tentador para as nações gregas. Os troianos lembravam-se de quando os gregos, liderados por Esparta, saquearam e queimaram a cidade dos ancestrais. Em razão disto, os troianos haviam preparado fortes defesas, para a possibilidade de futuros ataques. Guardada por grandes muralhas, a nova Tróia era um abrigo impenetrável para um povo feliz. Na praça do palácio e nas ruas os cidadãos apreciavam os trabalhos de paz, como se fosse durar para sempre essa era despreocupada. Neste contexto, o futuro de Tróia estava a ser pesado pelo conselho real, pois o príncipe Páris queria ir até Esparta, cujo rei era Menelau, para fazer um acordo de paz. Apesar de existirem posições contrárias às de Páris, o rei Príamo concorda que ele viaje, apesar de uma das sacerdotisas, Cassandra, que é filha de Príamo, ver nesta viagem o início do fim de Tróia. Quase chegando em Esparta, o navio de Páris é atingido por uma violenta tempestade e ele cai no mar, indo parar em uma praia. Lá vê uma bela mulher, que deixa Páris tão fascinado por sua beleza que crê estar diante da deusa Afrodite, mas ela diz ser uma escrava. Paralelamente os soberanos das nações gregas estão reunidos, tentando arrumar um motivo para atacar Tróia. Agamenon, o rei de Micenas, sugere "agressão defensiva". No meio deste encontro, onde se busca um motivo ético para atacar Tróia, chega Páris no palácio de Menelau. Ele soube através da "deusa" desta reunião e quer lhes oferecer a paz troiana. Agamenon e Menelau ficam inquietos, pois lhes tiraria o argumento para atacar Tróia, então Agamenon questiona se Páris diz ser o que é e fica acertado que, se derrotar numa luta o príncipe Ájax, que é praticamente imbatível, seus termos de paz serão ouvidos. Durante a luta aparece a "escrava", que na verdade era Helena, a esposa de Menelau, que ouviu sua mulher chamar o desconhecido pelo nome e também mostrou uma indisfarçavel alegria quando Páris venceu a luta. Menelau diz que Páris descansará primeiro e que no outro dia conversarão.

 

 

 

Páris fica então a saber que a escrava é a rainha de Esparta e, nesta hora, Helena faz passar que sente antipatia pelos troianos. Isto não convence Menelau, que mais tarde vai aos aposentos da rainha e afirma que ela conhecia o troiano. Helena nada diz e este silenciou e a condenou. Quando o rei se retira dos aposentos de Helena, ela tem certeza que ele planeja fazer algo contra Príamo, assim chama Andraste, sua serva particular, e pede que vá até os aposentos de Páris para avisá-lo do perigo que corre. Andraste convence aos guardas que foi ali para "entreter" Páris, para ele não entender que na verdade estava preso. Mas, ao ficar sozinha com Páris, lhe avisa do perigo que corre. O príncipe é ajudado por um escravo, que mata alguns soldados que guardavam o "hóspede". Páris chega até a costa, onde há um navio fenício que foi arranjado pela rainha, mas para a sua surpresa encontra Helena, que foi se despedir de Páris. Ela estava acompanhada por Andraste, a quem dá liberdade e ordena que vá embora. Quando Helena e Páris se despedem, tentando aceitar a situação apesar de estarem totalmente apaixonados, chega uma patrulha, que obriga ambos a pularem na água e fugirem. Agora os reis gregos não tinham que arrumar um motivo, pois o pretexto para a guerra tinha sido dado.


tags:

registado por paulacalcadaalves às 22:15

link do post | deixa o teu comentário | favorito
|

Histórias de amor

 

Orfeu e Eurídice

Orfeu é, na mitologia grega, poeta e músico. Filho da musa Calíope, era o mais talentoso dos músicos.

Quando tocava a sua lira, os pássaros paravam de voar para escutar e os animais selvagens perdiam o medo. As árvores curvavam-se para ouvir os sons no vento. Tocava a lira de Apolo pois dizem que Apolo era seu pai. Orfeu era casado com Eurídice. Ela era tão bonita que atraiu um homem chamado Aristeu. Quando ela recusou as suas atenções, Aristeu perseguiu-a. Tentando escapar-lhe, ela tropeçou numa serpente que a mordeu e Eurídice morreu. Orfeu ficou transtornado de tristeza. Levando a sua lira, foi até o Mundo dos Mortos, para tentar trazê-la de volta. A canção pungente e emocionada de sua lira convenceu o barqueiro, Caronte, a levá-lo vivo pelo Rio Estige. A canção da lira adormeceu Cérbero, o cão de três cabeças que vigiava os portões; o seu tom carinhoso aliviou os tormentos dos condenados. Finalmente Orfeu chegou ao trono de Hades.

O rei dos mortos ficou irritado, ao ver que um vivo tinha entrado no seu domínio, mas a agonia na música de Orfeu comoveu-o, e ele chorou lágrimas de ferro. Sua mulher, Perséfone, implorou-lhe que atendesse o pedido de Orfeu. Assim, Hades atendeu o seu desejo: Eurídice poderia voltar com Orfeu ao mundo dos vivos. Mas com uma condição: que ele não olhasse para ela até que ela, de novo, estivesse à luz do sol. Orfeu partiu pelo caminho íngreme que levava para fora do escuro reino da morte, tocando músicas de alegria e celebração, enquanto caminhava, para guiar a sombra de Eurídice de volta à vida. Ele não olhou nenhuma vez para trás, até atingir a luz do sol. Mas então, virou-se, para se certificar de que Eurídice o estava seguindo. Por um momento ele viu-a, perto da saída do túnel escuro, perto da vida outra vez. Enquanto ele olhava, ela transformou-se de novo num fino fantasma, soltou um doloroso gemido final de amor e pena, não mais do que um suspiro na brisa, que saía do Mundo dos Mortos.

Ele havia-a perdido para sempre. Em total desespero, Orfeu tornou-se amargo. Recusava-se a olhar para qualquer outra mulher, não querendo lembrar-se da perda da sua amada. Furiosas por terem sido desprezadas, um grupo de mulheres selvagens chamadas Mênades caíram sobre ele, frenéticas, e despedaçaram-no. Jogaram a sua cabeça cortada no Rio Hebrus, e ela flutuou, ainda cantando, "Eurídice! Eurídice!" Chorando, as nove musas reuniram os seus pedaços e enterraram-nos no Monte Olimpo. Dizem que, desde então, os rouxinóis das proximidades cantaram mais docemente do que os outros. Orfeu, na morte, uniu-se à sua amada Eurídice.

Quanto às Mênades, que tão cruelmente mataram Orfeu, os deuses não lhes concederam a misericórdia da morte. Quando elas bateram os pés na terra, em triunfo, sentiram seus dedos entrarem no solo. Quanto mais tentavam tirá-los, mais profundamente eles se enraizavam. As suas pernas tornaram-se troncos de madeira pesada, e também os seus corpos, até que elas se transformaram em silenciosos carvalhos. Assim permaneceram pelos séculos, batidas pelos ventos furiosos que antes se emocionavam ao som da lira de Orfeu, até que, por fim, esses troncos mortos e vazios caíram no chão.

In, anamargens.blogspot.com

tags:

registado por paulacalcadaalves às 22:15

link do post | deixa o teu comentário | favorito
|

António Gedeão

 

 

 

 

 

 

Amador sem coisa amada

Resolvi andar na rua
com os olhos postos no chão.
Quem me quiser que me chame
ou que me toque com a mão.

Quando a angústia embaciar
de tédio os olhos vidrados,
olharei para os prédios altos,
para as telhas dos telhados.

Amador sem coisa amada,
aprendiz colegial.
Sou amador da existência,
não chego a profissional.

 

 

A um ti que eu inventei

Pensar em ti é coisa delicada.
É um diluir de tinta espessa e farta
e o passá-la em finíssima aguada
com um pincel de marta.

Um pesar grãos de nada em mínima balança,
um armar de arames cauteloso e atento,
um proteger a chama contra o vento,
pentear cabelinhos de criança.

Um desembaraçar de linhas de costura,
um correr sobre lã que ninguém saiba e oiça,
um planar de gaivota como um lábio a sorrir.

Penso em ti com tamanha ternura
como se fosses vidro ou película de loiça
que apenas com o pensar te pudesses partir.


 



 

tags:

registado por paulacalcadaalves às 22:06

link do post | deixa o teu comentário | favorito
|

Sábado, 12 de Abril de 2008

Sobrenatural

 

 

 

 

Há vinte e dois anos, os irmãos Winchester (Sam e Dean) perderam a mãe graças a uma força estranha, demoníaca e sobrenatural. Na sequência deste acontecimento, o pai educou-os e ensinou-lhes tudo o que sabia sobre fenómenos paranormais e forças do mal existentes por todo o país… e ensinou-lhes também como acabar com estes demónios. O jovem Sam Winchester (Jared Padalecki) fez tudo o que lhe era possível para escapar à sua estranha e misteriosa família. Ao contrário do seu irmão mais velho Dean (Jensen Ackles), Sam rejeita a busca obsessiva do pai para descobrir a força maligna que, segundo ele, terá estado na origem da morte da sua esposa Mary, mãe dos dois rapazes.

Sam abandonou a casa onde viviam logo depois de terminar a escola secundária e foi para a universidade. Dean, por seu lado, optou por um caminho totalmente diferente e seguiu os passos do pai, passando a tomar conta do negócio de família. Mas quando Dean bate à porta da casa de Sam com a notícia do desaparecimento do pai, Sam não tem outro remédio senão deixar de lado os planos pessoais para se juntar ao irmão na procura pelo pai.

tags:

registado por paulacalcadaalves às 11:58

link do post | deixa o teu comentário | favorito
|

Dexter

 

 

Esta série tem como protagonista um especialista forense em amostras de sangue, que trabalha para o Departamento da Polícia de Miami. Ele também é um assassino em série que mata as pessoas que a polícia não consegue prender. A identidade dupla tem de ser escondida de todos, incluindo sua irmã, namorada e companheiros de trabalho.
De dia, Dexter surpreende todos ao conseguir rastrear cada passo de assassinos em série, seguindo as suas pistas com meticulosidade assustadora. Isso porque a sua mente assassina o guia através dos passos dos criminosos.
Depois do trabalho com o Departamento de Polícia de Miami, à noite, Dexter usa todo o conhecimento e instinto de "serial killer" para achar e matar os criminosos que ele caçou durante o dia. Isso faz com que ele viva um contraste diário entre o bem e o mal. Contudo, ele canaliza toda a sua vontade de matar para acabar com os outros assassinos em série.


Ao longo dos 12 episódios que constituem esta primeira temporada, vamos descobrindo a vida de Dexter, vendo como tenta lentamente começar a lidar com os que o rodeiam, ao mesmo tempo que procura desvendar o mistério do Ice Truck Killer, um novo assassino que está a deixar Miami em pânico.



tags:

registado por paulacalcadaalves às 11:53

link do post | deixa o teu comentário | favorito
|

Anatomia de Grey

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Conheça Meredith Grey (Ellen Pompeo, Catch me If You Can, Life of The Party). Ela é uma mulher tentando lidar com a vida real, mas a sua vida profissional torna a sua vida pessoal praticamente impossível.
Anatomia de Grey descreve-nos a história de cinco cirurgiões internos, acabados de concluir o curso e que vão fazer o estágio ao Hospital Seattle Grace, o programa cirúrgico mais rígido de Harvard. A acompanhar Meredith nos piores e nos melhores anos da sua vida, estão Cristina, Izzie, George e Alex. Ainda fazem parte da série a médica residente Bailey, os cirurgiões Derek Sheperd e Preston Burke, e o chefe do hospital, Richard Webber.

Meredith é filha de Ellis Grey (Kate Burton, Causa Justa), uma notável cirurgia reconhecida mundialmente, que se conseguiu impor num mundo dominado por homens. Meredith é uma mulher um pouco insegura, com uns trambolhões amorosos que se tornam hilariantes. A sua mãe Ellis sofre de um grave problema que a filha esconde de toda a gente, problema esse que nós (os espectadores) ficamos a saber logo no primeiro episódio. No primeiro episódio vai para a cama com Derek Sheperd, não imaginando que ia voltar a encontrá-lo, no seu primeiro dia de trabalho.

Cristina Yang (Sandra Oh, Arli$$) , é outra das internas. De origem coreana, Cristina foi criada em Beverly Hills, não sabendo falar qualquer dialecto do Oriente. Todos os internos estão conscientes que o estágio em Seattle Grace é uma competição, mas Cristina vai bem mais longe, ela quer fazer tudo sozinha para ganhar mais “pontos”, ela deseja para aparecem doentes bem mal para ela poder tratar. Contudo, apesar da descrição feita ela é boa pessoa,e amiga dos internos, assumindo sempre uma atitude de gozo para com eles.

Isobel Stevens (Katherine Heigl, Roswell), que é tratada por toda a gente por Izzie, é uma garota amiga de toda a gente, ela veio do Interior e cresceu na pobreza. Para pagar o curso de Medicina, Izzie teve que usar o seu belo corpo, trabalhando como modelo, fazendo trabalhos fotográficos, sobretudo para marcas de lingirie, que publicitam em revistas normais. Esse facto vai-lhe trazer problemas no Hospital, tanto no relacionamento com outros médicos, como com os doentes. Como médica, relaciona-se demais com os pacientes.

George O’Mailley (T.R. Knigth, The Last Request) é mais um dos cinco internos em que foca a história. George é um homem simpático, carinhoso e inseguro. Apesar da excelente pessoa que é, George é completamente despassarado, fazendo sempre a coisa errada no momento errado. Ao contrário do que o desejava, as raparigas o tomam como um “irmão”. Como médico, George precisa de ganhar mais confiança.

Por fim, temos Alex Karev (Justin Chambers, The Zodiac) completando assim os cinco internos de Anatomia de Grey. Alex é arrogante, é o interno que os outros internos adoram odiar. Tem raízes na classe operária que disfarça com ambição. Apesar da sua atitude arrogante, ao conhecer-se melhor Alex descobre-se que é boa pessoa, sendo emotivo em bastantes casos médicos.

A comandar estes cinco internos, está a médica residente no último ano Miranda Bailey (Chandra Wilson, Stangers with Candy) que é responsável por treiná-los. Devido à sua atitude exigente e que não admite falhas aos internos ela é conhecida no hospital como a “Nazi”. Se um interno falha leva uma enorme descompustura de Bailey, uma personagem hilariante. No hospital Seattle Grace, contam-se com dois cirurgiões de classe mundial. Derek Sheperd (Patrick Dempsey, Once and Again), é especializado em neurocirurgia, acaba-se de mudar para Seattle onde na sua primeira noite vai ao bar do Joe e conhece Meredith sem saber que no dia seguinte e vai encontrar com ela no hospital. É um homem galanteador, e bastante competente no bloco operatório. O outro cirurgião de classe mundial é Preston Burke (Isaiah Washigton, Wild Things 2), cirurgião especializado em doenças cárdio-respiratórias. Sua arrogância só fica atrás da sua habilidade com o bisturi. A comandar todos eles está o chefe de cirurgia Richard Webber (James Pickens Jr., Ficheiros Secretos).

Como diz a sinopse presente no site da RTP1 e da Séries Online, ““Grey’s Anatomy” é focada em jovens pessoas que estão lutando para se tornarem médicos, e médicos que estão lutando para continuar humanos. É o drama e a intensidade do treino médico combinado com a divertida, atraente e dolorosa vida desses internos que estão prestes a descobrir que nem a medicina e nem os relacionamentos podem ser definidos apenas por preto ou branco. A vida real é mostrada em tons de cinza.”.

 

 

 

 

 

tags:

registado por paulacalcadaalves às 11:23

link do post | deixa o teu comentário | favorito
|

O Tesouro Encalhado

 

 

  • Título Original: Fool's Gold
  • Género: Acção/Aventura
  • Estreia: 2008-04-10
  • Actores: Donald Sutherland, Kate Hudson, Matthew McConaughey
  • Realização: Andy Tennant
  • Classificação: 12 anos
  • Duração: 120 min
  • Ano: 2008 / Estados Unidos

     

    Ben "Finn" Finnegan é um surfista amador e bem intencionado que se assume como caçador de tesouros. Obcecado com a procura do lendário Dote da Rainha, 40 arcas de um tesouro exótico que se afundou em 1715, Finn deita tudo a perder com a busca, nomeadamente o seu casamento com Tess Finnegan e o seu ferrugento barco "Booty Calls". Numa tentativa de refazer a sua vida, Tess emprega-se num mega-iate ao serviço do multi-milionário, Nigel Honeycutt, mas entretanto Finn descobre uma pista vital para o paradeiro do tesouro. Certo de que a sua sorte mudará com esta nova informação, Finn consegue introduzir-se a bordo do iate de Nigel. Valendo-se do seu bem-intencionado charme, Finn consegue convencer o magnata e a sua filha Gemma - uma jovem colunável totalmente dependente do seu Blueberry – a juntar-se a ele na busca do tesouro espanhol. Contrariando o que lhe diz a intuição, Tess volta a deixar-se contagiar pelo amor... da descoberta. Mas há mais quem cobice o tesouro... Moe Fitch, o mentor de Finn que vem a revelar-se seu inimigo, também se dispõe a reclamar o prémio...
  • tags:

    registado por paulacalcadaalves às 11:15

    link do post | deixa o teu comentário | favorito
    |

    Segunda-feira, 7 de Abril de 2008

    Roda dos Alimentos

    De uma forma simples e sucinta, a nova Roda dos Alimentos ensina-nos como manter uma alimentação saudável, ou seja, completa, equilibrada e variada.

     

    A Roda dos Alimentos é uma imagem ou representação gráfica que ajuda a escolher e a combinar os alimentos que deverão fazer parte da alimentação diária. É um símbolo em forma de círculo que se divide em segmentos de diferentes tamanhos que se designam por Grupos e que reúnem alimentos com propriedades nutricionais semelhantes.

     

    A nova roda dos alimentos é composta por sete grupos de alimentos de diferentes dimensões que indicam, precisamente, as quantidades que cada um deles deve estar presente na alimentação diária.

     

    Cereais e derivados, tubérculos – 4 a 11 doses

    Hortícolas – 3 a 5 doses

    Fruta – 3 a 5 doses

    Lacticínios – 2 a 3 doses

    Carnes, pescado e ovos – 1,5 a 4,5 doses

    Leguminosas – 1 a 2 doses

    Gorduras e óleos – 1 a 3 doses

     

     

    A Água

     

    Não possuindo um grupo próprio, a água assume a posição central na nova roda dos alimentos. Isto porque, esta representada em todos eles pois faz parte da constituição de quase todos os alimentos. Por ser um bem tão essencial à vida recomenda-se o seu consumo diário na ordem dos 1,5 e 3 litros.

     

     

    Óleos e gorduras alimentares

     

    No contexto de uma alimentação saudável, as gorduras provenientes de diferentes alimentos são essenciais ao bom funcionamento do nosso organismo e, quando consumidas nas proporções recomendadas (não excedendo os 30% do valor energético diário), são bem toleradas e têm diversos efeitos benéficos. Mas, quando consumidas em excesso e desregradamente os efeitos prejudiciais são muitos e rapidamente se fazem sentir no nosso estado de saúde. São o grupo mais pequeno da Roda dos Alimentos, portanto devem entrar muito modestamente na nossa alimentação. São grandes fornecedores de energia e vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K). Pela sua carga calórica são para consumir de uma forma reduzida e seleccionada num tratamento para emagrecer.

     

    Carnes e derivados, pescado (peixes, marisco) e ovos

     

    São alimentos ricos em proteínas e também vitaminas do complexo B e sais minerais (ferro, fósforo e iodo). A quantidade de gordura varia com o tipo de alimento. Recomenda-se retirar as peles das aves e a gordura aparente das carnes antes de cozinhar, diminuindo, deste modo, a ingestão calórica.

     

     

    As hortaliças, legumes e frutos

     

    A ingestão adequada de frutos, hortaliças e legumes previne o aparecimento de cancro, doenças cardiovasculares, diabetes, obesidade, carências nutricionais e distúrbios do aparelho digestivo (ex.: prisão de ventre, hemorróidas, diverticuloses, etc.) Consuma a quantidade diária recomendada. São alimentos riquíssimos em vitaminas e minerais e devem ser consumidos em abundância. São, com algumas excepções (azeitonas, abacate, amendoim, noz, pinhão, pistácio, avelã, amêndoa), pobres de gordura e ricos em fibras, o que os torna altamente vantajosos no tratamento para emagrecer.

     

     

    O consumo de sal

     

    O sal ou sal de cozinha, quimicamente designado por cloreto de sódio, é constituído por dois minerais: o sódio e o cloro. Estes dois minerais são essenciais ao normal e saudável funcionamento do nosso organismo, mas as consequências do consumo excessivo, particularmente de sódio, são inúmeras e por isso é essencial fazer um uso parcimonioso deste tempero.

     

     

    Leite e derivados ricos em cálcio

     

    Os alimentos deste grupo são também ricos em proteínas, indispensáveis para a formação e reparação do nosso organismo. Pela sua riqueza em gordura devem preferir-se as variedades magras num tratamento para emagrecer.

     

     

    Cereais e derivados, leguminosas e tubérculos

     

    Estes alimentos são bons fornecedores de hidratos de carbono, vitaminas do complexo B, sais minerais e fibras. A maior parte da energia diária deve vir deste tipo de alimentos. Pela sua riqueza em fibras e por serem praticamente nulos em gordura, estão indicados no tratamento para emagrecer.

    As fibras alimentares, mais recentemente também chamadas de complantix, designam um conjunto de substâncias existentes nos alimentos de origem vegetal, que não podem ser digeridas pelas enzimas do nosso sistema gastrointestinal e por isso não são absorvidas. São compostos que têm muitos efeitos benéficos no nosso organismo, sendo mesmo essenciais para o normal funcionamento do sistema digestivo. No vasto grupo das fibras alimentares podemos distinguir as fibras solúveis das insolúveis.

     

    Doces

     

    Estes alimentos não fazem parte da Roda dos Alimentos e, se entram na rotina do nosso dia-a-dia, contribuem para aumentar muito o valor calórico da refeição. Como agravante, são muitas vezes constituídos também por gordura, o que os torna ainda mais calóricos. Por estas razões estão desaconselhados. Nas bebidas e sumos é imprescindível a leitura do rótulo para saber o que contêm. Só as quantidades de açúcar e calorias elevadas são desaconselhadas no tratamento para emagrecer.

     

    Refeições pré-preparadas e outros alimentos processados

     

    Deve-se rejeitar as refeições cujo rótulo contenha, como primeiros ingredientes, gorduras, óleos, margarinas ou manteiga. Significa que estas refeições são muito ricas nesses elementos e, consequentemente, bastante calóricas.

    in http://www.medicinaealimentacao.com


    registado por paulacalcadaalves às 21:43

    link do post | deixa o teu comentário | favorito
    |

    Dez razões - boicotar dieta

    Uma equipa internacional de especialistas encontrou dez factores “escondidos” que podem constituir causas possíveis para a obesidade.

     

     

    A acusação é relativamente unânime: a falta de exercício e o excesso de comida têm vindo a engordar sucessivamente as cinturas dos americanos. Mas a epidemia é geral: a Europa e até os países orientais já apresentam números elevados da doença, com facturas elevados no que diz respeito às doenças que lhe estão associadas (diabetes, colesterol elevado, doenças cardiovasculares).

    Depois de uma “maratona” a analisar a literatura científica disponível, uma equipa internacional de investigadores – conhecida por Alabama Group - chegou à conclusão de que muita atenção tem vindo a ser direccionada para estes dois factores, a que chamaram “The Big Two”. Para incentivar o debate, os cientistas publicaram no Journal of Obesity uma lista de 10 outras possíveis causas, também suportadas por evidências clínicas. A análise intercruzada de factores pode contribuir, segundo os investigadores, para um diagnóstico mais correcto em relação à obesidade.

     


    10 Causas Adicionais para a Obesidade
    Propostas pela Alabama Group

     

    1 – Privação de sono.
    Dormir pouco, trabalhar por turnos ou sofrer de perturbações de sono são situações que causam alterações hormonais (nomeadamente desregulação das hormonas cortisol e melatonina) e podem conduzir à obesidade.

     

    2 – Poluíção e contaminação química.
    Quer o ar quer os alimentos são veículos para a entrada de inúmeros químicos sintéticos no organismo. Alguns deles agem a longo prazo, causando perturbações hormonais que prejudicam a absorção natural de nutrientes e destruindo a eficácia do processo digestivo.

     

    3 – Temperatura e ar condicionado.
    Sempre que o corpo sente demasiado calor ou frio, utiliza calorias para manter uma temperatura corporal adequada. Os ambientes com temperaturas controladas evitam este processo de controlo homeostático.

     

    4 - O paradoxo do tabaco.
    Extremante prejudicial; mas é um facto que acelera o metabolismo. Com o número de ex-fumadores a aumentar, a tendência para a obesidade pode aumentar na mesma proporção. A chave é encontrar uma actividade que tenha o mesmo efeito mas sem os danos associados ao acto de fumar.

     

    5 – Fármacos.
    O uso de medicamentos contraceptivos, esteróides, corticóides e anti-depressivos está frequentemente associado a ganhos de peso. Mais uma vez, falam as hormonas: são elas que provocam retenção de líquidos e aumento de apetite.

     

    6 – Alterações sociais.
    Estatisticamente, as pessoas de meia-idade e os hispânicos apresentam mais peso do que os jovens europeus. O relatório evoca o modelo social norte-americano, mas o dado a reter é que o factor raça pode determinar uma tendência para a obesidade.

     

    7 – Maternidade tardia.
    Por cada cinco anos a mais na idade da mãe, o risco de uma adolescente se tornar é obesa é 14 por cento mais elevado. Actualmente as mulheres adiam cada vez mais a maternidade.

     

    8 – Influências pré-natais.
    Mães obesas ou com diabetes gestacional dão origem a bebés maiores, influência que se pode fazer sentir até duas gerações.

     

    9 – Obesidade e infertilidade.
    Embora também possa causar infertilidade, alguns estudos também referem que pessoas obesas têm tendências a ser mais férteis e a ter mais filhos, propagando geneticamente a propensão para a obesidade.

     

    10 – Uniões entre obesos.
    Homens e mulheres mais fortes tendem a casar entre si. Se existem cada vez menos magros - e como a obesidade têm uma componente genética - é de prever que a nova geração seja consideravelmente mais pesada.
     



    12/2/2007 in clix


    registado por paulacalcadaalves às 21:32

    link do post | deixa o teu comentário | favorito
    |

    Sábado, 5 de Abril de 2008

    CAMPEÃO - F.C. PORTO

     

     

    TRI-CAMPEÃO

     

     

     

     


    registado por paulacalcadaalves às 22:44

    link do post | deixa o teu comentário | favorito
    |

    Carlos Drummond de Andrade

    As sem razões do amor


    Eu te amo porque te amo.
    Não precisas ser amante,
    e nem sempre sabes sê-lo.
    Eu te amo porque te amo.
    Amor é estado de graça
    e com amor não se paga.

    Amor é dado de graça,
    é semeado no vento,
    na cachoeira, no elipse.
    Amor foge a dicionários
    e a regulamentos vários.

    Eu te amo porque não amo
    bastante ou demais a mim.
    Porque amor não se troca,
    não se conjuga nem se ama.
    Porque amor é amor a nada,
    feliz e forte em si mesmo.

    Amor é primo da morte,
    e da morte vencedor,
    por mais que o matem (e matam)
    a cada instante de amor.

    Ainda que mal
    Ainda que mal pergunte,
    ainda que mal respondas;
    ainda que mal te entendas,
    ainda que mal repitas;
    ainda que mal insista,
    ainda que mal desculpes;
    ainda que mal me exprima,
    ainda que mal me julgues;
    ainda que mal me mostre,
    ainda que mal me vejas;
    ainda que mal te encare,
    ainda que mal te furtes;
    ainda que mal te siga,
    ainda que mal te voltes;
    ainda que mal te ame,
    ainda que mal o saibas;
    ainda que mal te agarre,
    ainda que mal te mates;
    ainda, assim, pergunto:
    me amas?
    E me queimando em teu seio,
    me salvo e me dano...
    ... de amor.


    tags:

    registado por paulacalcadaalves às 22:03

    link do post | deixa o teu comentário | ver comentários (1) | favorito
    |

    Quinta-feira, 3 de Abril de 2008

    Insólito... mas possível

     

     

    Thomas Beatie, o mais mediático transexual do momento, cuja gravidez o catapultou para as páginas de jornais, vai participar no popular programa da apresentadora norte-americana Oprah Winfrey. Além de contar os detalhes do seu caso, Beatie vai permitir a emissão de uma ecografia que fez.

    Na promoção do próximo programa, emitido esta quinta-feira, o casal Beatie é apresentado como uma família normal norte-americana. «Mas há um pequeno detalhe: o marido é que está grávido», refere o anúncio.

     

     

     

    A entrevista é antecedida pela promessa de que o passado do transexual vai ser tema de conversa, assim como a relação do casal. Oprah Winfrey vai ainda falar com o obstetra que acompanha o insólito caso e vai apresentar as imagens de uma ecografia realizada ao útero de Thomas Beatie.

    O transexual também surge na antevisão do programa televisivo, onde declara: «Sou uma pessoa e tenho direito a ter um filho biológico».

    Beatie, de 34 anos, explica ainda que só optou por engravidar porque a sua esposa não o pode fazer, pois teve de submeter-se a uma histerectomia, por motivos de saúde. Querer ter um filho biológico não é um desejo masculino ou feminino, é um desejo humano».

    Beatie, cujo aspecto é o de um homem grávido de cinco meses, submeteu-se a uma alteração para eliminar os peitos femininos e a um tratamento de testosterona no seu processo de mudança de sexo mas conservou os seus órgãos reprodutores.

    Beatie está agora grávido de cinco meses e espera dar à luz uma menina por volta de 3 de Julho deste ano.

     

    in iol, 3 de Abril de 2008


    registado por paulacalcadaalves às 21:15

    link do post | deixa o teu comentário | favorito
    |

    -Obrigada pela Visita

    Recados Para Orkut

    [violet]***[/violet] Novas animações de Obrigado!


    -tags

    - 2009(2)

    - anedotas(5)

    - avô(1)

    - bem vindos(2)

    - bichos(1)

    - boas(2)

    - campeão - f.c. porto(3)

    - casamento(1)

    - curiosidades(16)

    - desabafo(4)

    - ditos(2)

    - eu(14)

    - férias(1)

    - filmes(8)

    - frio(1)

    - futebol(2)

    - guardanapo(1)

    - jackson(1)

    - jantar(1)

    - jonathan rhys meyers(1)

    - jornal(2)

    - lendas(3)

    - mitos(2)

    - mulheres(3)

    - música(1)

    - não havia necessidade(4)

    - neve(1)

    - notícias(8)

    - óscares - os vencedores(1)

    - pensamentos(10)

    - poemas(14)

    - provérbios(1)

    - receitas(1)

    - são martinho do porto(1)

    - todas as tags

    -Para não esquecer...

    - Junho 2009

    - Maio 2009

    - Abril 2009

    - Janeiro 2009

    - Dezembro 2008

    - Novembro 2008

    - Agosto 2008

    - Julho 2008

    - Junho 2008

    - Maio 2008

    - Abril 2008

    - Março 2008

    - Fevereiro 2008

    - Janeiro 2008

    - Dezembro 2007

    -links

    blogs SAPO

    -on line

    online