-Conhece-me...

-Junho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
26
27

28
29
30


-Visitas

-Horinhas

-deixa a tua marca


-Escrevi sobre...

- Morreu...

- Casamento

- Força Fc Porto

- Há cada uma...

- Balada da Neve - Augusto ...

- Boas entradas ...

- http://uma_estrelinha.blo...

- + de 200professores pedir...

- Há cada uma...

- São Martinho do Porto - A...

- Os "Tudor"

- ...

- Universidade de Verão His...

- NOTÍCIA - Namoro pela Int...

- A Turma do 12º ano

- O meu vestido

- Notícia: Ingrid Betancour...

- VERGONHA: Milionária cond...

- NOTÍCIA: Clonagem Cura Ca...

- F.C. PORTO

- Portugal

- Amizade

- Amizade

- 5 Anos de Casamento

- Provérbio árabe

- amor

- Amizade

- Momentos

- Manchester United

- Vânia Fernandes

- Lenços dos Namorados

- Begónias

- 18 de Maio

- 40 Vantagens de ser Mulhe...

- RIR

- Insólito

- Dia da Mãe

- Borboletas

- Plain White Ts

- Ao meu querido AVÔ

- Felicidade

- Vinicius de Moraes2

- Anatomia de Grey - Denny ...

- Como Perder um Homem em D...

- Tróia

- Histórias de amor

- António Gedeão

- Sobrenatural

- Dexter

- Anatomia de Grey

-subscrever feeds

Segunda-feira, 7 de Abril de 2008

Dez razões - boicotar dieta

Uma equipa internacional de especialistas encontrou dez factores “escondidos” que podem constituir causas possíveis para a obesidade.

 

 

A acusação é relativamente unânime: a falta de exercício e o excesso de comida têm vindo a engordar sucessivamente as cinturas dos americanos. Mas a epidemia é geral: a Europa e até os países orientais já apresentam números elevados da doença, com facturas elevados no que diz respeito às doenças que lhe estão associadas (diabetes, colesterol elevado, doenças cardiovasculares).

Depois de uma “maratona” a analisar a literatura científica disponível, uma equipa internacional de investigadores – conhecida por Alabama Group - chegou à conclusão de que muita atenção tem vindo a ser direccionada para estes dois factores, a que chamaram “The Big Two”. Para incentivar o debate, os cientistas publicaram no Journal of Obesity uma lista de 10 outras possíveis causas, também suportadas por evidências clínicas. A análise intercruzada de factores pode contribuir, segundo os investigadores, para um diagnóstico mais correcto em relação à obesidade.

 


10 Causas Adicionais para a Obesidade
Propostas pela Alabama Group

 

1 – Privação de sono.
Dormir pouco, trabalhar por turnos ou sofrer de perturbações de sono são situações que causam alterações hormonais (nomeadamente desregulação das hormonas cortisol e melatonina) e podem conduzir à obesidade.

 

2 – Poluíção e contaminação química.
Quer o ar quer os alimentos são veículos para a entrada de inúmeros químicos sintéticos no organismo. Alguns deles agem a longo prazo, causando perturbações hormonais que prejudicam a absorção natural de nutrientes e destruindo a eficácia do processo digestivo.

 

3 – Temperatura e ar condicionado.
Sempre que o corpo sente demasiado calor ou frio, utiliza calorias para manter uma temperatura corporal adequada. Os ambientes com temperaturas controladas evitam este processo de controlo homeostático.

 

4 - O paradoxo do tabaco.
Extremante prejudicial; mas é um facto que acelera o metabolismo. Com o número de ex-fumadores a aumentar, a tendência para a obesidade pode aumentar na mesma proporção. A chave é encontrar uma actividade que tenha o mesmo efeito mas sem os danos associados ao acto de fumar.

 

5 – Fármacos.
O uso de medicamentos contraceptivos, esteróides, corticóides e anti-depressivos está frequentemente associado a ganhos de peso. Mais uma vez, falam as hormonas: são elas que provocam retenção de líquidos e aumento de apetite.

 

6 – Alterações sociais.
Estatisticamente, as pessoas de meia-idade e os hispânicos apresentam mais peso do que os jovens europeus. O relatório evoca o modelo social norte-americano, mas o dado a reter é que o factor raça pode determinar uma tendência para a obesidade.

 

7 – Maternidade tardia.
Por cada cinco anos a mais na idade da mãe, o risco de uma adolescente se tornar é obesa é 14 por cento mais elevado. Actualmente as mulheres adiam cada vez mais a maternidade.

 

8 – Influências pré-natais.
Mães obesas ou com diabetes gestacional dão origem a bebés maiores, influência que se pode fazer sentir até duas gerações.

 

9 – Obesidade e infertilidade.
Embora também possa causar infertilidade, alguns estudos também referem que pessoas obesas têm tendências a ser mais férteis e a ter mais filhos, propagando geneticamente a propensão para a obesidade.

 

10 – Uniões entre obesos.
Homens e mulheres mais fortes tendem a casar entre si. Se existem cada vez menos magros - e como a obesidade têm uma componente genética - é de prever que a nova geração seja consideravelmente mais pesada.
 



12/2/2007 in clix


registado por paulacalcadaalves às 21:32

link do post | deixa o teu comentário | favorito
|

-Obrigada pela Visita

Recados Para Orkut

[violet]***[/violet] Novas animações de Obrigado!


-tags

- 2009(2)

- anedotas(5)

- avô(1)

- bem vindos(2)

- bichos(1)

- boas(2)

- campeão - f.c. porto(3)

- casamento(1)

- curiosidades(16)

- desabafo(4)

- ditos(2)

- eu(14)

- férias(1)

- filmes(8)

- frio(1)

- futebol(2)

- guardanapo(1)

- jackson(1)

- jantar(1)

- jonathan rhys meyers(1)

- jornal(2)

- lendas(3)

- mitos(2)

- mulheres(3)

- música(1)

- não havia necessidade(4)

- neve(1)

- notícias(8)

- óscares - os vencedores(1)

- pensamentos(10)

- poemas(14)

- provérbios(1)

- receitas(1)

- são martinho do porto(1)

- todas as tags

-Para não esquecer...

- Junho 2009

- Maio 2009

- Abril 2009

- Janeiro 2009

- Dezembro 2008

- Novembro 2008

- Agosto 2008

- Julho 2008

- Junho 2008

- Maio 2008

- Abril 2008

- Março 2008

- Fevereiro 2008

- Janeiro 2008

- Dezembro 2007

-links

blogs SAPO

-on line

online